CONSULTAS BOA VISTA SCPC

CÓDIGO    SENHA   

55% dos consumidores deixariam de pagar financiamentos e despesas diversas em caso de queda na renda

Data: 06/02/2020

De acordo com a pesquisa Perfil do Consumidor, realizada pela Boa Vista, 55% dos consumidores, com o nome sujo ou não, deixariam de pagar primeiro os financiamentos, que são contas pagas com boletos e carnês, e despesas diversas em caso de diminuição da renda familiar. Em seguida, 34% deixariam de pagar o cartão de crédito, enquanto 11% atrasariam o pagamento de empréstimo e cheque especial. A pesquisa ouviu pouco mais de 2.100 consumidores em todo o Brasil durante o 2º semestre de 2019.

Considerando apenas os consumidores com restrição, 47% apontaram as contas originadas por boletos, carnês e demais despesas diversas como as primeiras contas a não ser pagas. Os que não pagariam o cartão de crédito são 40%, e os que deixariam de pagar empréstimos e cheque-especial, 13%.

Já levando em conta somente os consumidores adimplentes, ou seja, que não possuem restrição, 61% atrasariam primeiro os boletos, carnês e despesas diversas, 28% o cartão de crédito e apenas 9% deixariam de pagar contas de empréstimos e cheque-especial.

 

Motivos

Dentre os consumidores em geral, com restrição ou não, que deixariam de pagar boletos, carnês e contas diversas, 70% o fariam pela possibilidade de negociação posterior, e 30% por priorizarem outras contas.

Entre quem não pagaria o cartão de crédito, 71% porque podem negociar depois e 29% por priorizarem outras contas. Já entre quem deixaria de pagar empréstimos e cheque-especial, 67% podem negociar a dívida posteriormente e 33% priorizariam o pagamento de outras contas.

 

Contratação de empréstimo

Questionados sobre o que levariam em conta na hipótese de contratação de empréstimo para a quitação de uma dívida, 58% dos consumidores em geral apontaram a taxa de juros, 38% o valor das parcelas e 3% o prazo de pagamento.

Considerando apenas os consumidores adimplentes, 71% levariam em conta a taxa de juros, enquanto 26% apontaram o valor das parcelas e 3% o prazo de pagamento.

Já entre os consumidores inadimplentes, 55% levariam em conta o valor das parcelas, 42% a taxa de juros e 3% o prazo de pagamento.

 

Metodologia

Pouco mais de 2.100 consumidores, segmentados em inadimplentes e adimplentes, responderam à Pesquisa Perfil do Consumidor realizada de modo online ao longo do 2º semestre de 2019 pela Boa Vista, em todo o território nacional. Os resultados consideram 2% de margem de erro e 95% de grau de confiança.




<< Voltar

Associação Comercial e Empresarial de Guaratinguetá
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 67 - Centro | Guaratinguetá/SP - 12500-210 - jornalismo@aceguaratingueta.com.br
Imagem